4 de dez de 2011

Reeducar o paladar

Nestes últimos meses andei a reeducar o meu paladar. Sim, o meu cérebro não há-de ser mais teimoso do que eu e acho bem possível que lhe comece a apetecer uma pratalhada de couves em vez de uma tarte de maçã, por exemplo! E quem me conhece sabe que eu adoro couves e tudo o que é verde!

Na verdade, nunca me deu assim grande tonteira por coisas muito doces mas a fruta era o meu ponto fraco. E a seguir a uma peça de fruta vinha outra...e depois da segunda vinha um apetite por qualquer coisa doce que normalmente ia de gelatina ou chocolate preto com 80% de cacau. Quando comecei a reparar que quanto menos coisas doces comia, menos apetite tinha por elas e que bastava uma colherzinha de adoçante num chá para reverter o processo, não dei tréguas aos meus (estimados) neurónios.

Numa de fazer uma experiência, tirei a fruta, as gelatinas, os adoçantes, os chocolates pretos 80% de cacau e tudo o que é doce da minha alimentação. Nem me custou assim tanto porque foi gradual: no início permitia-me uma toranjazita, um iogurte magro com sabor, um iogurte grego 0% com cacau magro em pó e nos dias mais chatos um quadradito de chocolate 80%. Andei desde Setembro a habituar-me e no último mês ciclei os hidratos de carbono: 3 dias com poucos hidratos e um dia com hidratos à fartazana (mas tudo à base de coisas integrais e pouco açúcar, uma ou outra peça de fruta). O resultado é surpreendente: sinto muito mais o sabor da comida e tenho as papilas gustativas tão sensíveis que até consigo achar os cajús e as nozes doces, enjoar-me com o sabor doce da cenoura cozida ou comer uma pratalhada de couves cozidas como se fosse a maior pratalhada de aveia e banana do mundo!

Em termos de energia estou óptima, em termos de cabelo e unhas podia estar melhor (mas também nunca fui grande coisa) e em termos de banha da cobra o resultado foi bom, muito obrigado!

Com isto conquistei várias coisas:

1) Melhor regulação da minha glicémia: nunca mais tive aquelas crises de hipoglicémia que tinha dantes (e eu nunca comi pouco, note-se. Comia "mal"- abusava em produtos refinados, tipo barras de cereais, bolachas Maria, tostas, que me cansavam o pâncreas!)
2) Acabei com a sensação de "falta aqui qualquer coisinha" que me aparecia frequentemente depois do jantar (e acabava por descarregar na fruta, para não descarregar em coisas piores)
3) Mais energia, principalmente de manhã (e se vos disser que o meu pequeno almoço não tem pão nem cereais talvez não acreditem)
4) Entrei numas calças que estavam aqui postas de lado (estas coisas nunca acontecem sem nenhuma intenção por trás, não é verdade?!) e sem perder a minha tão suada massa muscular (acho que até ganhei, mas não é certo!).

Aqui seguem algumas fotos com as minhas refeições. Já sabem que sou uma bruta a empratar (mas também não faço por melhorar isso)! Esta foi a saga desde Setembro até agora, com as primeiras fotos com mais hidratos de carbono, à medida que fui diminuindo até Dezembro.


Hamburgueres de perú grelhados com beringela refogada e grão cozido
As minhas eternas claras de ovo com canela
Coxa de frango no wok com legumes (alho francês), quinoa cozida, grão cozido e salada
Truta salmonada com legumes e laranja no forno

Bife de atum grelhado (com mostarda), couve ripada e salada
Bife de frango grelhado (com mostarda), couve-flor e salada

Daqui para a frente vou continuar nesta onda, mas adiciono um pouco mais de hidratos de carbono! Entretanto tenho de actualizar a foto da cozinheira que está ali ao lado, porque aquele bracinho está mais compostinho, ich allah!

4 comentários:

  1. olá!
    sigo regularmente o teu blog mas nunca tinha comentado. mas gosto muito, tens receitas muito interessantes e gostei particularmente deste teu ultimo post.
    tenho é uma curiosidade: o que é que costumas comer ao pequeno-alomoç e lanche?
    obrigada
    beijoca

    ResponderExcluir
  2. BEM PRECISO FAZER A MESMA COISA ESTOU BEM GORDA E PRECISO REEDUCAR MINHA ALIMENTAÇÃO ASSIM COM TUDO BEM BONITO E DELICIOSO COMO ESSES PRATOS QUE POSTOU!!
    BEIJO

    ResponderExcluir
  3. Olá Catarina! Gosto muito do teu blog, acompanho-o hà alguns meses e fico sempre contente quando cá postas algo de novo. Partilho os teus ideais em relação à nutrição e sou tão curiosa como tu. Gostava muito de falar contigo online, pode ser? Sou a Rita, já agora, e escrevo-te na Madeira. :) o meu e-mail é rsframboisegmail.com(não é endereço de msn) Tens facebook? http://www.facebook.com/RFramboise

    ResponderExcluir
  4. Tenho feito isto ao pequeno almoço esta semana é mesmo bom! Claras + canela

    Tens aqui um optimo Blog, só conheci a minutos atrás :)

    ResponderExcluir