16 de set de 2010

Peito de galo no wok com legumes e puré de abóbora



Eu adoro cozinhar no wok! É rápido e saudável...e é incrível como consigo sujar tanto em tão pouco tempo, mas pronto. Além de não deixar de ser uma fritura (e de se manobrar o wok com tudo a saltar e a salpicar tudo), o facto de fazer as coisas a correr com ingredientes e utensílios a voar à minha volta não ajuda muito.
E foi um almoço com direito a duas horas de limpeza!
O galo, todo ele era genica naquela capoeira, já cá canta!

O puré foi um devaneio aqui da menina...nem vi receitas nenhumas nem nada mas vou repetir brevemente misturado com puré de courgette e com leite de côco em vez de leite normal. Ah pois! De low carb não tem muito (porque a abóbora é doce) mas não leva a farinha normal.

A
farinha de amêndoa faz-se assim: escalda-se a amêndoa em água fervente, pela-se e vai ao forno alto uns 5 minutos tostar. A minha tostou demais e ficou castanha! Depois é só pulverizar na bimby, velocidade 7-8-9.

Rende
: 1 porção
Calorias
: 300 kcal (frango) + 120 kcal (puré)
Tempo
: 20 minutos

Ingredientes para o Galo no Wok
:
  • 1 bife de peito de galo (dar umas marretadas para ficar mais tenro)
  • 2 dentes de alho
  • meia cebola
  • colher de chá de margarina magra
  • colher de chá de azeite
  • piri-piri, sal, pimenta
  • 1 colher de café de açafrão em pó
  • meio courgette
  • 1/4 covete de cogumelos frescos
  • um restinho de tofu que estava triste no frigorífico
Ingredientes para o Puré de Abóbora:
  • 1 chávena (200g) de abóbora cortada aos pedaços
  • uma colher de chá de manteiga magra
  • três colheres de sopa de leite magro
  • pitada de sal
  • noz moscada e cravinho em pó
  • uma colher de chá de farinha de amêndoa
Procedimento (Galo no wok):
  1. Aquecer o wok e juntar o azeite e a margarina. Deixar alourar a carne, manobrar o wok e reservar.
  2. Nessa gordura refogar a cebola e o alho. Juntar a carne refogada, temperar com sal, pimenta e piri-piri e tapar. Deixar cozinhar até o bicho estar tenro. Juntar um pouco de água quente se for necessário.
  3. Juntar o courgette aos cubos, os cogumelos laminados e o tofu também aos cubos pequenos. Temperar com uma colher de açafrão.
  4. Deixar cozinhar os legumes, esperar que a maior parte do molho evapore. Ir manobrando o wok de vez em quando para soltar tudo.
Procedimento (Puré de abóbora)
  1. Na Bimby: abóbora tapada com água. 5 minutos, temperatura 100º, velocidade 1. Escorrer, triturar na velocidade 5-6-7 uns 10 segundos. Fazer descer a abóbora com a espátula e repetir. Juntar a manteiga, o leite e temperar. 7 minutos, velocidade 2, temperatura 100º. Juntar a farinha de amêndoa. Bater tudo na velocidade 5 e está feito.
  2. À mão: cozer a abóbora, escorrer a água, triturar, temperar e juntar a manteiga e o leite. Deixar cozinhar em lume brando até evaporar parte do líquido. No final juntar a farinha de amêndoa. Cozinhar até ficar com a consistência desejada, mexendo sempre.
Que acharam?

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Catarina! Adorei conhecer o seu blog e saber que além de comida, você também ama bichos como eu. Parabéns! Abs, Juju

    http://quitutesdajuju.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. mas esse galo devia ser mesmo um atleta... foi preciso bater-lhe o gajo era dos duros!

    ResponderExcluir
  4. Esse galo já não canta mais :) Ficou um prato muito agradável!

    ResponderExcluir
  5. Por aqui não é comum comermos carne de galo, gostei de saber disso!!!

    Ficou um prato muito saboroso, com certeza!

    ResponderExcluir
  6. Que belo prato nos trazes e já agora obrigada pela visita :). Realmente tens razão a wook é saudável e dá para fazer muitos pratos, por sorte a minha tem tampa o que ajuda a não haver tanto salpico lololol

    ResponderExcluir
  7. Ador a comida cozinhada no wok, adorei!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pela partilha, que excelentes receitas. Adoro tudo o que saia da wok, principalmente legumes.

    ResponderExcluir