24 de nov de 2010

Bacalhau à Braz low carb




Uma ideia para um jantar diferente. Gosto muito de bacalhau à braz mas tenho dois problemas: o primeiro é que muitas vezes, se comer fora, é mais batatas à braz do que outra coisa; o segundo é que, além de ser só batatum, é batatum frito! Com ovos em cima!

E então hoje experimentei uma coisa nova. Andei a pedir uns conselhos, e então, se forem do tipo que não gosta de hidratos de carbono à noite (ou se estiverem numa dieta low carb) podem substituir as batatas palha por nabo ralado, couve, rebentos de soja...e até batata doce ralada (especialmente depois do treino).

Eu fiz com couve ripada e nabo ralado. E para simular a batata palha meti-os bem escorridos na Actifry com duas colheres de azeite e um pouco de sal fino. Ficam mais sequinhos mas nunca estaladiços como as batatas palha, mas estas quando vão ao tacho também ficam moles, por isso vai dar ao mesmo.

E a diferença, diria eu, é quase imperceptível. Talvez menos enjoativo!

Rende: 3 doses
Calorias: 320 kcal por dose, 30 g de proteína e 10 g de net carbs
Tempo: 20 minutos na Actifry + 15 minutos de tacho

Ingredientes:
  • 2 nabos
  • um quarto de couve
  • 4 dentes de alho
  • 1 cebola
  • 1 folha de louro
  • sal, pimenta branca e noz moscada
  • ramo de salsa
  • 3 colheres de sopa mal cheias de azeite
  • 2 postas boas de bacalhau (dá uns 350g)
  • 2 ovos grandes
  • azeitonas para decorar
Procedimento
  1. Pôr o bacalhau a cozer num tacho ao lume.
  2. Lavar, descascar e ralar o nabo (usei uma mandolina). Lavar e ripar a couve fininha. Dispôr na Actifry, polvilhar com um pouco de sal fino e juntar duas colheres de sopa de azeite. Programar 17 minutos.
  3. Enquanto "frita", picar a cebola e o alho. Quando o bacalhau estiver cozido, desfiar (costumo deixar pedaços grandes, acho que sabe melhor).
  4. Colocar a cebola e o alho picados num tacho largo com a colher que sobra de azeite. Colocar uma folha de louro. Deixar suar com a tampa fechada em lume baixo.
  5. Sem deixar queimar, juntar o bacalhau. Refogar em lume médio e mexer de vez em quando.
  6. Juntar a mistura de couve e nabo acabados de sair da Actifry.
  7. Envolver, deixar refogar mais um pouco. Enquanto refoga, bater os ovos. Picar primeiro os pés da salsa fininhos e juntar aos ovos.
  8. Quando o bacalhau já estiver bem refogado (e não queimado), baixar o lume e juntar os ovos com a salsa.
  9. Envolver tudo com uma colher, sempre em lume baixo, para os ovos não cozerem demasiado e para não pegar ao tacho.
  10. Quando estiver +/- seco, desligar o lume, polvilhar com as folhinhas de salsa picadas, servir numa travessa e decorar com azeitonas. Podem servir com uma salada de alface!
Uma dica de estudante:
Se fizerem bacalhau a mais, deixem no tacho a dose que querem servir no próprio dia e reservem no frigorífico o que sobrou. Quando quiserem, é só espetar essas sobras no tacho, aquecer um pouco, bater um ovo, juntar e mexer e polvilhar com a salsa. O bacalhau à braz de um dia para o outro fica...nhec.

Se não tiverem Actifry, não se apoquentem. Isto era só uma pequena manha para simular batatas fritas. A couve e o nabo directamente para o tacho também vão muito bem, mas aqui deixem refogar algum tempo para não ficarem rijos!

Boas garfadas!

12 comentários:

  1. Cheguei aqui através da Suzana. E que surpresa maravilhosa esta receita pois sou louca por bacalhaus. e ao Bras. Quando li, low carb..franzi o cenho..ah, mas esta receita é show. e vejo voce nas fotos, lindíssima, grande cozinheira..voltarei outras vezes.

    ResponderExcluir
  2. Estou a bater palmas.Eu nunca faço bacalhau á brás por ser muito gorduroso, agora esse vou ter que experimentar.

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. belas ideias ;)
    descobri hoje este blog

    convido-te a visitares o meu

    http://mefrancesca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que bela ideia! Estou ansiosa por experimentar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Realmente nunca pensei em substituir por algo desse género, mais saudável. E porque não? Fica optimo. Gostei.

    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Mhammm Mhammm, eu adorei esta sugestão, as fotos estão fantásticas e irresistíveis. Uma forma, sem duvida diferente de fazer este prato e ficando bem mais saudável. Por tudo isto parabéns e obrigado por partilhares connosco esta iguaria, beijinhos.

    ResponderExcluir
  7. o que vais inventar a seguir, pensa depressa que estou esperando, adoro a tua gata branquinha.

    Beijo catarina és o máximo.

    ResponderExcluir
  8. Bem... Espero que o nabo não se fique a notar com a ajuda dos temperos, porque é daquelas coisas a que torço o nariz... mas a ideia é excelente!

    ResponderExcluir
  9. Oi Catarina,

    Delícia de bacalhau! Muito bom mostrar o modo de preparo.
    Essa receita deve ter ficado gostosona.
    HUMMMMMMMM

    Beijos Carol
    http://cozinhando7.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu AMO bacalhau à brás, mas já nem me lembro da última vez que comi.

    Essas comidas hoje em dia fazem-me sentir mal disposta e causam-me muita azia, por isso tudo que seja muito refogado desistir de fazer ou comer.

    Mas esta ideia é muito boa e fiquei com a pulga atrás da orelha para a experimentar :P

    beijoo

    ResponderExcluir