9 de set de 2012

Culinária de sobrevivência - os lanches

Continuando no seguimento do último post, aqui ficam as fotos de algumas refeições dos últimos meses.

Os meus lanches variam muito conforme o que estou a fazer e onde estou. Na maior parte das vezes são barras proteicas que faço em casa. Ultimamente tenho-as congelado (embrulho-as em papel de alumínio e coloco dentro de um saco hermético no congelador) e para este tempo é bem melhor: chegam ao meio da tarde e ainda estão frescas e a textura permanece sem alterações. Vou variando a composição consoante o que quero, com mais ou menos hidratos de carbono ou gordura.

Um bolo proteico de banana


Se for treinar a seguir, como mais hidratos de carbono. Têm um efeito espectacular na força. Em termos de exercício aeróbio não me faz diferença, por isso não os como. Eu lido bem com poucos hidratos, não me sinto sem energia nem com tonturas nem nada do género mas não nego que podem ser preciosos se bem utilizados. As opções ficam pela batata doce ou bolachas de arroz com uma fonte qualquer de proteína.




Se estiver em casa faço um pudim ou bolo no microondas. A diferença é apenas o  tempo que está lá dentro e os ingredientes que uso sempre são proteína em pó e claras de ovo. Depois posso juntar farinha de linhaça, óleo de côco, côco ralado, batata doce ou abóbora triturada, canela, cacau, café. Quando não tenho proteína, quaisquer legumes e claras, queijo fresco ou fiambre servem.
O "bolo" feito no microondas





Os frutos secos também servem de lanche. Quando me dá as ganas dos doces (já não tenho muito disso...amestrei o meu cérebro!), normalmente vou ao chocolate preto Lindt (de 75% de cacau para cima) ou às barras Atkins.

Manteiga de amendoim feita em casa.

E é isto! Depois dos treinos de força tomo um batido de whey com ou sem qualquer fonte de hidratos de carbono consoante a fase e é só. Vou reduzindo os hidratos de carbono (que não são muitos) e aumentando a gordura ao longo do dia. De vez em quando meto umas peças de fruta aqui e ali. Como de 3 em 3 horas mais ou menos e posso dizer que sou melhor pessoa quando não tenho fome! hehe ;)

7 comentários:

  1. Pois eu ainda vou tendo saudades de uns doces. Ai ai...

    ResponderExcluir
  2. Catarina como posso substituir a whey nas receitas? Achas que com farinha de aveia também funciona? :) Queria fazer algumas receitas tuas, mas não tenho whey ;)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, venha fazer parte do movimento # Por uma cozinha mais divertida!
    www.phant.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Tenho acompanhado o teu blog e estou curiosa com a Whey que utilizas (não consigo ver no site da PROZIS, porque o link q tens na página já não existe!). Qual é a marca/tipo que utilizas e quais os critérios que consideras importantes na escolha da whey???
    obrigada!
    Sofia

    ResponderExcluir
  5. Olá Catarina, tudo bem?
    Como se faz o Fluff de proteína? Te acompanho sempre, adoro as suas receitas, seus textos e a sua bixarada!
    Beijão.

    http://blog-da-paula-jacques.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. (não tem nada a ver, mas.... ) Um excelente 2013!!

    ResponderExcluir
  7. felicidades por la receta y por el blog, esta genial, asi que con tu permiso me quedo mirando cosas ricas por aqui, saludossss

    ResponderExcluir