21 de mai de 2011

Aproveitamento de sobras: Almôndegas de peixe com chips de batata doce e molho de caril



Calma aí, já sei o que estão a pensar! Almôndegas, chips de batatas...mas esta agora meteu-se a fritar?! Não posso! Nãaaao...hoje fui buscar a Actifry, que já estava parada há muito tempo. E estreei-me na batata doce frita...recomendo vivamente! Não se preocupem, tudo o que se faz na Actifry pode ser mais ou menos adaptado ao forno. Pode não ficar exactamente igual, mas parecido fica de certeza.

Ora estão a ver aquelas sobras de frigorífico que só irritam? Vai tudo Bimby abaixo e almôndegas de sobras na mesa! E aqui vale tudo: só importa que consigam moldar as bolas. Metam-lhe o que quiserem. Já sabem a minha relação com farinhas e puré de batata (normal)...por isso fiz uma mistela com claras de ovo, pimento picado, meio abacate, bastante peixe. As almôndegas ficaram bem boas, nada secas!

Quanto à batata doce, já merecia o seu tempo de antena. Eu sempre desde pirralha que adoro batata doce, principalmente assada no forno de lenha, assim suada, doce doce doce e amarelinha. Mas sempre achei que devia ser uma pequena bomba até há uns largos meses atrás. O índice glicémico da batata doce é bem mais baixo que o da batata normal (e do arroz branco e da massa e do pão branco) e até é ligeiramente mais baixo que o da aveia. Além disso, tem quantidades industriais de vitamina A. Todas as semanas cozo uma Bimby de batata doce, ao vapor. Ou faço puré, ou muffins, ou como-a às rodelas às refeições, ou ao pequeno-almoço ou lanche...é o que calha!

Rende: 3 porções
Tempo: 15 minutos de manobras + 40 minutos de Actifry
Informação nutricional(almôndegas e molho): 300 kcal, 8 g hidratos de carbono, 38 g proteínas, 31 g gordura, 5 g de fibra

Ingredientes:
  • Sobras de peixe cozido ou assado (devia dar uns 400 g, mais ou menos)
  • meia cebola
  • 2 dentes de alho
  • cebolinho
  • meio abacate
  • meia chávena de claras (umas 3 claras XL)
  • pimenta
  • sementes de linhaça trituradas
  • 1 iogurte grego
  • sumo de uma lima
  • 2 colheres de chá de pasta de caril
  • meio pimento
  • uma batatorra doce grande
  • colorau e açafrão, sal fino, uma colher de sopa de azeite
Preparação:
Batata doce
  1. Cortar às rodelas muito fininhas (1-2 mm) com uma mandolina (ou faca, com cuidado).
  2. Azeite, colorau, açafrão e sal fino para cima e vai à Actifry durante 25 minutos (ou forno médio).
Almôndegas
  1. Enquanto as batatas assam (ou fritam), numa picadora ou Bimby, triturar o peixe, a cebola, o alho, o abacate, o cebolinho e o pimento. Eu meti tudo lá para dentro e dei-lhe velocidade 7.
  2. Temperar com pimenta e juntar as claras. Mexer bem.
  3. Fazer bolinhas grandes. Meter as sementes de linhaça trituradas num prato e rolar as bolinhas por elas, de forma a que fiquem completamente revestidas.
  4. Quando as batatas saírem da Actifry, meter as almôndegas (sem pás, com uma forminha no centro) ou no forno até ficarem castanhinhas.
Molho
  1. Misturar o iogurte com o sumo de lima e a pasta de caril. Refrigerar até as batatas e as almôndegas estarem preparadas.

4 comentários:

  1. Dá para fazer no forno, sim porque eu também já as fiz :D

    ResponderExcluir
  2. Cada vez que aqui venho só me apetece que abras um restaurante para eu poder fazer a minha alimentação toda la xD

    ResponderExcluir
  3. Já me estou a lambusar com estas almôndegas!

    Bjs

    ResponderExcluir