23 de mar de 2010

Oh não, mais um blog de donas de casa que não têm nada que fazer!

Primeiro que tudo, convém já avisar que este blog vai andar a toque de caixa, como tudo o que faço nos meus tempos-livres.

Importante também será dizer que tempos-livres é coisa que não abunda cá para estes lados e os tachos e panelas ocupam um lugar de destaque entre tantas outras coisas que gosto de fazer quando ando mais "folgada".

Hoje caíu-me o meu raio mensal em cima (é mais ou menos com esta frequência que tenho escrito) e cheguei à conclusão que já era tempo de partilhar um dos meus hobbies preferidos!

Restaurante 4 patas era uma brincadeira de quando eu e o meu irmão éramos pequenos. Em casa sempre fomos 4 à mesa e sempre se comeu tão bem que havia quem lhe chamasse assim. Na verdade seriam 8 patas, duas por cada um, mas alguém deve ter pensado que o quatro é um número mais bonito!

Para quem me conhece, já sabem: comida saudável, ingredientes naturais, de confecção rápida, algo criativa e alternativa. Tem dias! Simpatizo com vegetarianos, japoneses e indianos, mas acima de tudo, a minha grande influência é mesmo a minha mãe!

E assim dedico-Lhe este espaço, bem como às tias, às avós e à Dona Dulce da casa do 12º, que me permitiram os estágios mais diversificados:
  • Argolas da tia Graça
  • Sonhos da tia Carla
  • Broas da avó Mimi
  • Fritos da avó Delfina
  • Refeições para o avô (que é diabético)
  • Comida engordativa para encher as peles ao meu irmão
  • Grelhados para a barriga do meu pai
  • Doces para a gulosa da mãe
Divirtam-se e abusem da vossa cozinha!

Catarina

Um comentário:

  1. Vamos lá a ver então se saem daqui receitas que eu possa fazer em casa... Grande ideia cató, sim sra...

    ResponderExcluir